As famílias de baixa renda hoje em dia podem participar dos programas sociais ofertados pelo governo. E para isso elas precisam fazer parte do Cadastro Único. Então é preciso incluir os filhos no Cadastro Único? Vamos saber isso logo abaixo:

Como principal ferramenta de cadastro utilizada pelo Governo Federal, o Cadastro Único precisa conter todas as pessoas residentes no domicílio e que fazem parte daquela família, compartilhando renda e gastos. Assim, existe uma verdadeira relação que fortalece o conceito de família e mostra que naquele domicílio existe uma família. Entretanto, é válido lembrar que em um mesmo domicílio pode existir mais de uma família residindo. Voltando ao nosso conceito de cadastro, ele precisa conter toda a família e por isso é fundamental que o Responsável Familiar coloque no cadastro todos os membros da família.

filhos-no-cadastro-unico

Incluir os filhos no Cadastro Único

Ao fazer o cadastro, o Responsável Familiar deve incluir os filhos no Cadastro Único como falava anteriormente. Essa informação não pode ser omitida, pois qualquer informação prestada é de inteira responsabilidade da família e caso não seja verdadeira pode gerar vários problemas.

Condicionalidades de educação e saúde ligada aos filhos

Além disso, o programa Bolsa Família é voltado para as famílias de baixa renda. E os filhos que compõem a família são um dos principais focos das políticas públicas do governo. É tanto, que existem as condicionalidades de educação e saúde objetivando a estruturação da família por meio da oferta de educação e saúde para os filhos. Sendo assim, as condicionalidades estão diretamente ligadas aos filhos e o recebimento também dos benefícios como podemos visualizar no próximo tópico.

Benefícios Indiretos

Os chamados benefícios indiretos são aqueles pagos a família e que são vinculados indiretamente ao Responsável Familiar. Pois esses benefícios estão vinculados aos filhos.

Veja abaixo os benefícios que compõem o Bolsa Família que são apenas pagos a quem tem filhos:

  • Benefício Variável
  • Benefício Variável Jovem
  • Benefício Variável à Gestante
  • Benefício Variável Nutriz

Como posso incluir os filhos no Cadastro Único?

Isso é muito simples, basta o Responsável Familiar se dirigir até o setor do Bolsa Família ou do Cadastro Único na sua cidade e levar os documentos de registro de nascimento e outros documentos de identificação, como também as declarações de que as crianças estudam (caso elas já estudem). Ao apresentar os documentos, o entrevistador irá incluir a criança no Cadastro Único. Dessa forma, caso a família se encaixe dentro do perfil para recebimento dos benefícios, o responsável também será informado e posteriormente a família começará a receber os benefícios indiretos.