Você ainda não tem ideia do que é o Cadastro Único? Não se preocupe, nesse artigo você vai conhecer o Cadastro Único e saber como fazer parte desse cadastro.

O que é o Cadastro Único?

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é a principal ferramenta utilizada pelo governo para conhecer as famílias e a realidade socioeconômica delas.

É no Cadastro Único que são registradas todas as informações das famílias referentes a dados do domicílio, da pessoa, a renda per capita e outras informações sociais necessárias para identificação do nível de vulnerabilidade dessas famílias.

cadastrounico

Hoje em dia o Cadastro Único vem ganhando cada vez mais notoriedade e já é usado para 18 programas sociais do Governo Federal e como uma importante ferramenta de construção de políticas públicas.

    • Veja a lista dos programas sociais que o Cadastro Único contempla:

Aposentadoria para Pessoa de Baixa Renda
Auxílio Emergencial Financeiro – Bolsa Estiagem
Programa Brasil Alfabetizado – PBA
Carta Social
Carteira do Idoso
Política de Cisternas
Isenção de taxa para concursos públicos
Passe livre para pessoas portadoras de deficiência em sistema de transporte coletivo interestadual
Programa Bolsa Família
Programa de Apoio à Conservação Ambiental – Bolsa Verde
Programa de Erradicação do Trabalho Infantil – Peti
Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais – Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER)
Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec
Programa Minha Casa, Minha Vida
ProJovem Adolescente – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Adolescentes e Jovens de 15 a 17 anos
Tarifa Social de Energia Elétrica
Telefone Popular

Quem pode fazer o Cadastro Único?

Todas as famílias de baixa renda. As famílias de baixa renda são aquelas que se encaixam em uma dessas duas exigências

  • Que ganham até meio salário mínimo por pessoa

ou

  • Que ganham até 3 salário mínimos de renda mensal total

Caso ainda existe dúvidas é necessário que o cidadão procure maiores informações nos postos de cadastramento.

Como minha família pode entrar para o Cadastro Único?

Primeiramente você deve procurar os postos de cadastramento, seja o CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) ou a sede do bolsa Família ou do Cadastro Único no seu município.

Para o cadastramento ser efetuado existem algumas exigências:

  • O Responsável Familiar deve ter no mínimo 16 anos e de preferência ser mulher. Ela que responderá todas as perguntas feitas pelo entrevistador e apresentará os seguintes documentos para que seja feito o cadastro.

Documentação Necessária:

Para o Responsável Familiar é necessário a apresentação do CPF ou Título de Eleitor

Para os outros membros da família, é necessário a apresentação de qualquer documento de identificação, como: Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento, Título de Eleitor, CPF ou Carteira de Identidade

O cadastro deve ser atualizado a cada 2 anos, mesmo que a família não tenha nenhuma alteração. Porém, o cadastro deve ser atualizado independente do prazo se houver qualquer alteração na renda, na saída ou entrada de novos membros na família ou qualquer mudança de município ou de escola.