Todo ano o Governo Federal lança um processo de averiguação cadastral e revisão. A Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral 2015 tem o intuito de identificar as famílias que não estão com os dados atualizados ou que estão com possíveis inconsistências nas informações que foram repassadas no Cadastro Único.

Por isso, é necessário que essas famílias atualizem seus cadastros e fiquem atentas a esse processo. O processo de Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral 2015 foi dividido em 2 etapas para facilitar.

Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral 2015

Etapas do Processo

As etapas servem pra definir as famílias prioritárias no atendimento e que precisaram atualizar os dados o mais rápido possível de acordo com os prazos estabelecidos.

Etapa 1

A Etapa 1 ocorre imediatamente e convoca todas as famílias através de cartas e mensagens informando sobre possíveis bloqueios e cancelamentos caso não haja a atualização cadastral.

Essa etapa só envolve as famílias beneficiárias do PBF e nessa etapa também ocorre conjuntamente os dois processos, tanto averiguação como atualização.

Cada família terá a identificação do tipo de processo que deverá ser executado.

Etapa 2

A Etapa 2 é só voltada para famílias não beneficiárias do PBF e o ocorrerá apenas o processo de Averiguação Cadastral. As famílias também serão comunicadas por cartas ou mensagens e essa etapa terá início a partir do 2º Semestre de 2015.

Lista de Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral 2015

Cada município receberá uma lista com essas famílias que precisam regularizar sua situação. Todas essas famílias devem ser convocadas para executar o processo de averiguação ou revisão cadastral.

O processo de Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral 2015 é um procedimento que está inteiramente ligado com a gestão dos benefícios. Sendo assim, a família que estiver dentro da lista de Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral 2015 e não atualizar o seu cadastro dentro do prazo ou estiver fora das normas do programa, poderá ter seu benefício cancelado ou bloqueado imediatamente.

As famílias com marcação de visita domiciliar devem ser visitas pela Gestão Municipal do Programa Bolsa Família para que o cadastro seja atualizado dentro do prazo.

Essas famílias pertencem a Etapa 1 e podem ter seus benefícios cancelados já em Agosto.