Fila do Bolsa Família já chega a 500 mil pessoas

Atualmente a Fila do Bolsa Família já chega a 500 mil pessoas. Segundo dados do próprio Governo Federal, esse número é a maior do que no governo Dilma Rousseff.

Fila nos últimos anos

Segundo os dados, em 2014 a fila de espera do programa chegou a cerca de 824 mil pessoas. Já no ano seguinte, em 2015, a fila era de mais de 1,2 milhão de famílias. Já em 2016, a fila teve uma redução para 375 mil famílias. Em 2017 só 153 mil famílias esperavam pelo benefício e em 2018 segundo dados do Governo Michel Temer, a fila tinha sido zerada naquele ano. O responsável pelo programa já era Osmar Terra, que ainda continua no cargo no governo Bolsonaro.

Fila do Bolsa Família chega a 500 mil pessoas

A fila do programa atualmente está em 500 mil pessoas. Isso se deve ao fato de que desde Junho de 2019 o número de concessões do programa teve uma redução drástica. O número de novos beneficiários que entravam no programa de janeiro a maio de 2019 era cerca de 260 mil por mês. Desde Junho houve uma queda e o governo concede em média pouco mais de cinco mil novos benefícios.

Congelamento do Bolsa Família

A verdade é que desde Maio de 2019 houve quase um congelamento no Bolsa Família. Milhares de pesssoas fizeram o Cadastro Único e mesmo tendo perfil para o programa, ainda aguardam na fila meses e meses. Segundo a Senarc (Secretaria Nacional de Renda e Cidadania) o programa não teve um congelamento na concessão de novos benefícios, entretanto, os novos benefícios estavam sendo liberados para os grupos prioritários (Quilombolas, Indígenas…)

Governo não quis fornecer dados

Segundo matéria divulgada ontem no Jornal Nacional, o Governo Federal passou mais de 4 meses para fornecer esses dados que são de caráter público. O fornecimento só foi feito após uma ação judicial que determinou o fornecimento dos dados. A tentativa do governo foi esconder a redução no número de novos beneficiários.

O Consulta Bolsa Família também fez uma análise e apuração dos dados e identificou que desde Junho o governo não apresentou em seu Informe do Bolsa Família o mapa de concessões. Esse mapa só retornou agora quando foi liberado 100 mil novos benefícios.

Promessa da fila andar

Conforme nota do Governo a redução se deu a diversos fatores, dentre eles a Lei da Responsabilidade Fiscal. O governo alegou que fez também processos de Averiguação Cadastral e que continua fazendo estudos para normalizar a fila.

A reformulação do programa também trará mudanças no valor do benefício e um aumento nos recursos do programa. Contudo, o Governo alega que a fila irá andar agora em 2020.

Comentários