O Governo Federal estuda pagar mais 3 parcelas do Auxílio. Dessa vez a proposta é que os valores comecem a diminuir gradativamente.

Mais 3 Parcelas do Auxílio Emergencial

Antes o Ministro da Economia, Paulo Guedes, havia afirmado que o governo não teria condições de manter o Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 por muito mais tempo.

Na época, Bolsonaro afirmou que o Auxílio teria mais duas parcelas, a quarta e a quinta, entretanto, com valor reduzido. A ideia inicial eram duas parcelas de R$ 200, mas segundo segundo fontes internas, Bolsonaro teria proposto duas parcelas de R$ 300.

Prorrogação pode ter parcelas de R$ 500, R$ 400 e por último R$ 300

No entanto, nesses últimos dias o Governo fala na possibilidade de o Auxílio Emergencial ter mais 3 parcelas ao invés de 2 parcelas e valores que iriam senso reduzidos ao longo do tempo para que o impacto seja menor na vida do beneficiário.

Na nova proposta, a Quarta Parcela paga em Julho seria de R$ 500. A Quinta Parcela em Agosto seria de R$ 400 e a Sexta Parcela em Setembro seria de R$ 300.

Programa Renda Brasil começaria a partir do fim do Auxílio

Uma das ideias do Governo Federal é que esse maior tempo do Auxílio Emergencial também fosse uma preparação para o surgimento do Renda Brasil.

O Programa Renda Brasil deve ser lançado no segundo semestre de 2020 e terá a difícil missão de substituir o Bolsa Família.

Governo busca aprovação do Congresso

Buscando que a proposta não sofra alterações, o Governo Bolsonaro trabalha para que o Centrão possa apoiar durante votação no Congresso Nacional.

O Presidente Jair Bolsonaro já tinha sofrido com mudanças na proposta inicial do Auxílio Emergencial. Pela proposta inicial do governo, o atual Auxílio Emergencial seria no valor de R$ 200.

Caixa pretende divulgar Calendário da Terceira Parcela para beneficiários que não recebem Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal informou essa semana que em breve irá divulgar o Calendário de Pagamentos da Terceira Parcela do Auxílio Emergencial para quem não recebe o Bolsa Família.

Até agora o calendário não foi divulgado e só os beneficiários do Bolsa podem sacar por enquanto o benefício.

Leia Mais

 

 

 

Deixe um comentário

Comentários