O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome resolveu alterar o prazo estipulado para atualização das famílias que estão no lote 2 da Averiguação Cadastral 2015. Agora as famílias do Lote 2 da Averiguação devem atualizar o cadastro até o dia 17 de Julho.

Esse prazo foi alterado devido alguns problemas no sistema do Cadastro Único, que é utilizado pelas gestões municipais para o cadastramento e para os processos de atualização. Sendo assim, ficou inviável o trabalho em alguns dias e isso exigiu do Governo Federal uma medida para minimizar as consequências.

Se você ainda não sabe se está no Lote 2 da Averiguação Cadastral, deve se dirigir a sede do Bolsa Família no seu município para obter essas informações. No último artigo aqui do blog abordamos sobre o processo de Revisão Cadastral e Averiguação Cadastral 2015. Esse 2 Lote é uma divisão feita pelo MDS para facilitar o processo executado pelas gestões municipais do PBF.

Famílias no Lote 2 da Averiguação Cadastral

Essas famílias do Lote 2 da Averiguação Cadastral não tem a necessidade de terem suas entrevistas com visita domiciliar, facilitando assim o processo. Essas famílias tinham até o dia 19 de Junho, mas devido as mudanças elas devem atualizar até a data limite de 17 de Julho.

Bloqueio dos Benefícios

Essas famílias pertencentes ao Lote 2 da Averiguação Cadastral se não tiverem seus cadastros devidamente atualizados, podem ter os benefícios bloqueados. Por isso é necessário a atualização o quanto antes.

Averiguação Cadastral 2015

O processo de Averiguação Cadastral 2015 é um processo onde o Governo cruza dados de várias bases e sistemas com o Cadastro Único, para dessa forma ter certeza sobre os dados informados pelas famílias na hora da entrevista. Por isso, se faz fundamental que a família atualize o cadastro e sempre dê informações verdadeiras, principalmente relacionadas à renda, pois são nelas que surgem a maioria das irregularidades ou averiguações.

Participe da conversa

3 Comentários

  1. fiz minha atualizacao cadastral com mudanca de município. um mes depoi vejo que meu benefício foi bloqueado alegando que tenho renda superior. injustiça. nao trabalho registrada, faco bico de manicure q tiro ums 500,00 mas 100,00 da pensao da minha filja. vivo de aluguel 550,00 eu minha filha precisamos muito e cinceramente fica dificil acreditar nesse programa, cometento injustiça. e quem n precisa recebi

  2. Por favor porque bloqueou meu bolsa família se moro sozinha não moro mais com ninguém tou separada a dois meses e sem nada pra comprar um quilo de alimento pra mim me alimentarporqu vcs tiram um benefício de quem precisa é colocar pra quem não precisa como alguém que já tem um salário e recebi o bolsa família e que não tem emprego de nada vcs bloqueio como eu vivia só desse 77$eajuda que meus pais me dar uma vz no mês 2 quilo de arroz e nada mais vivo na roça ralando pra não morrer de fomevcs ainda faze isso?

Deixe um comentário

Comentários