Beneficiários poderão optar por Bolsa Família ou Auxílio Emergencial

Os beneficiários do programa poderão optar por receber o Bolsa Família ou o Auxílio Emergencial. Essa opção será dada a todos aqueles que já são beneficiários do programa e se encaixam para receber os R$ 600 de ajuda financeira. Saiba mais como isso irá funcionar.

Auxílio Emergencial será de R$ 600 e poderá chegar a R$ 1200 por família

O auxílio emergencial pago pelo governo federal será de 600 reais e será pago durante três meses. O valor foi acordado e só falta a aprovação do senado. Esse valor auxiliará as famílias principalmente de autônomos e desempregados durante o período da pandemia. Embora o valor individual seja de R$ 600, algumas famílias podem receber mais.

Valores do Auxílio Emergencial

O valor aprovado varia conforme a composição familiar. Veja abaixo como será:

  • R$ 600 – Valor Individual
  • R$ 1200 – Valor para até dois membros da família
  • R$ 1200 – mulheres chefes de família com filhos menores de 18 anos

O valor será pago durante três meses e poderá ser prorrogado por igual período.

Quem escolher o Auxílio Emergencial terá o Bolsa Família temporariamente bloqueado

O Governo Federal permitirá também que beneficiários do Bolsa Família recebam o auxílio emergencial. Entretanto, quem escolher pelo auxílio ficará durante aquele período sem receber o Bolsa Família, pois não pode o acúmulo desses dois benefícios. A escolha é do beneficiário e é importante e que ele visualize o que é melhor para sua família. Na maioria dos casos, o valor do Bolsa Família é menor que o auxílio proposto pelo governo.

Não existe nenhum link para cadastro oficial

Como sabemos, diariamente surgem milhares de fake news sobre o Bolsa Família. As pessoas ainda mais nesse momento de crise se aproveitam para aplicar golpes. Então, é importante que as famílias fiquem atentas pois até agora não existe nenhum link para cadastramento de auxílio emergencial do coronavírus.

O governo usará os dados do Cadastro Único até 20 de Março. Para quem não tem o Cadastro Único, o governo usará dados do CNIS do INSS e caso a pessoa que solicitar o benefício também não tenha dados do CNIS, o governo lançará em breve uma plataforma para cadastro desses autônomos. Porém tudo isso será feito de forma oficial. Não façam cadastros em links maliciosos que circulam na rede!

Leia Mais

Fernando Felix
Bolsa Família

4 Comments

  • Tais Silva

    Tais da Silva Paulino

  • Kássia Marina Cunha Moura

    Agente se cadastrando no auxilio agente pode perder o bolsa família?

  • Elaine Eugenio Raimundo

    Vamos receber esse auxílio pelo calendário do bolsa família ……?

  • Adriana régia de Oliveira

    Se je analizaram o meu bolsa familia

Comentários