Saiba como ter direito a Tarifa Social de Energia

A conta de energia é uma das maiores preocupações do brasileiro. Porém existe uma opção para pagar menos, é a chamada Tarifa Social da Energia Elétrica. Caso você tenha direito a Tarifa Social é possível usufruir de descontos dependendo da faixa de consumo de kwh/mês da sua família.

Quem tem direito a Tarifa Social de Energia?

Para as famílias terem direito a Tarifa social de Energia Elétrica (TSEE) é preciso satisfazer alguns requisitos. Confira abaixo quais os requisitos para ter acesso a tarifa social:

Famílias inscritas no Cadastro Único com a seguinte situação:

– Família com renda de até meio salário mínimo por pessoa ou que tenham algum membro da família beneficiário do Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC)

– Família com renda total de até três salários mínimos por mês e que possuam entre seus membros pessoas em tratamento de saúde, que necessitam usar continuamente aparelhos com elevado consumo de energia elétrica;

– Famílias indígenas e quilombolas com renda por pessoa de até meio salário terão direito a Tarifa Social com desconto de 100% na conta de energia elétrica, caso o limite de consumo seja de até 50 KWh/mês.

Desconto varia conforme a faixa de consumo de energia

O desconto da Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) varia conforme o consumo de energia da família. Confira o desconto concedido de acordo com a faixa de consumo de energia:

CONSUMO MENSAL  –  PERCENTUAL DE DESCONTO

    Até 30 KWh                                                      65%
De 31 KWh a 100 KWh                                         40%
De 101 KWh a 220 KWh                                       10%

Logo, se sua família consome menos KWh de energia, ela ganhará um desconto bem maior na conta de energia.

Como solicitar pra ter direito a Tarifa Social?

Primeiramente para ter direito a Tarifa Social, a família precisa ter o Cadastro Único. Com o Cadastro Único em dia e atualizado, a família deverá solicitar a distribuidora local de energia que sua casa como unidade consumidora na subclasse Residencial baixa renda.

A família pode solicitar a Tarifa Social alegando ser família de baixa renda. E caso a família se encaixe nos critérios da Tarifa Social de Energia Elétrica, será feito o cadastramento e a conta terá o desconto no valor.

Qualquer membro da família pode se dirigir a sede da distribuidora local com a conta de energia, documentos e um comprovante com número do NIS para solicitar a Tarifa Social. Outra opção é a família ligar para a distribuidora local, em alguns casos o cadastramento na Tarifa Social pode ser feito via telefone.

O Cadastro Único precisa ser atualizado para continuar com a Tarifa Social

Para a família continuar tendo direito a Tarifa Social, além dos requisitos que são exigidos, acima de tudo, é fundamental que a família atualize o seu Cadastro Único para continuar tendo direito a Tarifa Social e a diversos outros programas e benefícios sociais. Caso não, a família mesmo tendo o cadastro pode perder o benefício da Tarifa Social.

Essa é uma das maiores vantagens de ter o Cadastro Único. No entanto, além da Tarifa Social, cada membro da família pode usufruir de diversos benefícios.

Não sabe quais os programas e benefícios que o Cadastro Único possibilita?

Então acesse aqui e conheça!

Saiba como ter direito a Tarifa Social de Energia
5 (100%) 1 vote

Deixe um comentário