Com a prorrogação do benefício por mais 4 parcelas, algumas regras foram impostas e uma delas
limita as famílias a receberem no máximo 600 reais do Auxílio Emergencial.

Famílias poderão receber no máximo 600 reais do Auxílio Emergencial

As famílias beneficiárias do Auxílio Emergencial terão uma novidade a partir de Setembro com a prorrogação do benefício. Uma das novas regras determina que as famílias só poderão receber até no máximo 600 reais do Auxílio.

Isso acontece porque o Governo Federal limitou a duas cotas por família. Ou seja, mesmo as famílias com composição que permitia o recebimento do Auxílio pela mãe chefe de família e por outro membro apto, com a nova regra perderão esse valor.

 

O Ministério da Cidadania colocou uma FAQ para responder as principais dúvidas dos beneficiários sobre as novas regras do Auxílio Emergencial!

Limite de Duas Cotas do Auxílio por Família

Desde o início do Auxílio Emergencial as famílias poderiam receber até três cotas do Auxílio, sendo duas delas para a mãe chefe de família que tinha direito a R$ 1200.

Com a mudança devido a prorrogação, famílias que recebiam R$ 1800 (R$ 1200 da mãe chefe de família e R$ 600 de outro membro) receberá agora no máximo R$ 600 (referente a mãe chefe de família). Em resumo, diminuiu uma cota do Auxílio para essas famílias visto que o governo limitou a duas.

Redução no número de beneficiários do Auxílio Emergencial

As novas regra trazem consequências inclusive no número de beneficiários do Auxílio. Como o governo limitou a duas cotas, muita gente ainda irá perder o Auxílio Emergencial por fazer parte de uma composição familiar onde já tem membros que recebem duas cotas.

Famílias do Bolsa Família voltarão a receber o benefício quando terminar o Auxílio

As famílias que recebem o Bolsa Família e por enquanto sacam o Auxílio Emergencial voltarão para o Bolsa assim que todos os membros da composição familiar deixarem de receber o Auxílio.
Dessa forma, por enquanto o PBF continuará suspenso para recebimendo do Auxílio.

Assim que terminar o Auxílio de todos os membros da composição familiar, o governo fará o pagamento do Bolsa Família. Nos casos que o valor dos benefícios financeiros recebidos pela família beneficiária do PBF seja igual ou maior do que o valor da extensão do Auxílio Emergencial a ser pago, serão pagos apenas os benefícios do Programa Bolsa Família.

Leia Mais

Deixe um comentário

Comentários