Quando é obrigatório atualizar o Cadastro Único?

O Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal é um instrumento para identificar as famílias de baixa renda. O Cadastro Único hoje em dia dá acesso a mais de 20 programas e benefícios sociais. Porém para ter acesso a esses benefícios e programas é preciso ter o cadastro sempre atualizado. Sabendo disso, nesse artigo você irá ficar sabendo quando é obrigatório atualizar o Cadastro Único.

É obrigatório atualizar o Cadastro Único?

De certa forma sim, visto que o cadastro precisa ter as informações atualizadas da família. Qualquer informação importante desatualizada pode acarretar em problemas futuros para a família. Seja problemas de comunicação com a família caso seja contemplada ou até mesmo processos de fiscalização devido a omissão de uma renda no cadastro ou subdeclaração de renda.

Quando é obrigatório atualizar o Cadastro Único?

É obrigatório atualizar o Cadastro Único sempre que houver uma mudança importante na família. Veja quais alterações devem ser informadas:

• Nascimento ou morte de alguém na família;
• Saída de um integrante para outra casa;
• Mudança de endereço;
• Entrada das crianças na escola ou Transferência de escola;
• Aumento ou diminuição da renda, entre outros

Onde informar essas mudanças?

A família sempre que tiver mudança precisa procurar o Setor Responsável pelo Cadastro Único ou pelo Bolsa Família para ser orientado e posteriormente atualizar o seu cadastro.

Essas mudanças serão informadas no Cadastro Único. Esse cadastro em dia permite acesso a diversos benefícios. Saiba nesse artigo qual a importância de ter seu cadastro em dia

http://mds.gov.br/assuntos/cadastro-unico/o-que-e-e-para-que-serve/cadastro-em-dia

O Cadastro Único é a principal porta de entrada para as famílias de baixa renda acessar os diversos benefícios e programas sociais. Com o cadastro cada membro da família recebe o número do NIS (Número de Identificação Social) e com essa numeração tentará acesso aos programas. Só o NIS não significa que a família receberá Bolsa Família ou terá direito a tarifa social de energia elétrica, por exemplo. Entretanto, sem o NIS a família nem sequer poderá tentar ter acesso a tais benefícios.


Quando é obrigatório atualizar o Cadastro Único?
Rate this post

Deixe um comentário