Como ter direito ao Telefone Popular?

A comunicação é essencial nos dias atuais e ainda hoje o telefone é um dos principais meios de comunicação. O Telefone Popular proporciona as famílias de baixa renda uma forma de comunicação barata e eficiente. Quem hoje em dia não precisa de um telefone? É uma exigência que nos aproxima das pessoas.

Pensando na inclusão social das pessoas de baixa renda, o Governo Federal lançou em 2001 o Programa Telefone Popular.

O que é o Telefone Popular?

O Telefone Popular é uma linha de telefone fixo com tarifas mais baratas para as famílias de baixa renda.

O que é preciso para ter a linha Telefone Popular?

É necessário primeiramente que o usuário esteja cadastrado no Cadastro Único e tenha o número do NIS (Número de Identificação Social). Com o NIS e o número do CPF o Responsável Familiar (RF) pode entrar em contato com a concessionária de telefone fixo da sua região e solicitar o Telefone Popular que tem como nome técnico Telefone Popular é Acesso Individual Classe Especial (AICE). Para maiores informações o usuário pode ligar também para Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) pela central Central de Atendimento 1331 ou 1332 ou entrar em contato no site http://www.anatel.gov.br.

Lembrando que o Telefone Popular é uma espécie de desconto, onde o beneficiário paga uma tarifa menor, mas é necessário que a pessoa já tenha um aparelho de telefone para que a linha seja ligada.

Como funciona o Telefone Popular?

A tarifa do Telefone Popular é mais barata. O beneficiário tem direito a 90 minutos por mês para fazer ligações para outros telefones fixos da mesma cidade pagando uma tarifa entre R$ 13,00 e R$ 15,00 por mês.
A tarifa reduzida é para ligações de fixo para fixo. Os valores cobrados para ligações para telefones móveis é diferente da tarifa cobrada.


Como ter direito ao Telefone Popular?
Rate this post

Deixe um comentário