O Cadastro Único atualmente engloba 18 programas sociais do governo federal. E esses programas são voltados para toda sociedade. Para quem não sabe, uma boa porcentagem das pessoas cadastradas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal são aposentadas. Pela lei que rege a previdência social, os aposentados tem direito a receber o mínimo de um salário mínimo como aposentadoria. Isso leva à primeira vista as pessoas acharem que todo e qualquer aposentado não têm direito a receber o bolsa família. Eles se baseiam apenas no fato dos aposentados receberem o aposento e com o recebimento de no mínimo R$ 724,00, não terem direito nem sequer a estarem cadastros.

Porém, o Cadastro Único é voltado para pessoas com renda per capita de até 1/2 salário mínimo ou famílias com renda total de até 3 salários mínimos. Além disso, como é possível vê nesse artigo: http://consultabolsafamilia.com.br/qual-o-valor-do-meu-bolsa-familia/, o recebimento ou não do benefício depende dos critérios de renda e estrutura familiar.

bolsa familia aposetandos

Então, Aposentado pode receber Bolsa Família?

Sim, pois depende da estrutura familiar e da renda per capita. Apenas os R$ 724,00 não inviabiliza o aposentado de receber Bolsa Família, entretanto, outros critérios precisam ser analisados.

Quais os critérios?

O Aposentado pode receber o Bolsa Família, caso a renda per capita no seu cadastro esteja dentro do limite permitido para o programa. Sendo assim, ele só terá direito a receber o benefício se no mínimo tiver uma estrutura familiar com outros componentes que dividam da mesma renda naquele domicílio.

Exemplo

Para compreendermos melhor, vamos prestar atenção no exemplo abaixo:

Um aposentado mora com seus oito filhos na mesma residência e com sua esposa, os quais dividem apenas a renda oriunda da aposentadoria no valor de R$ 724,00. Todos eles estão cadastrados no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e o responsável familiar é o aposentado da casa.

Nesse caso, o valor de R$ 724,00 será divido por 10 (número de membros da família). A renda per capita da família será de R$ 72,40 e ele se encaixará no perfil de extrema pobreza, tendo direito a receber o benefício básico no valor de R$ 77,00. E receberá os demais benefícios como Variável e Variável Jovem, caso a família tenha direito.

Dessa maneira, fica fácil compreender que mesmo existindo um aposentado na família, ainda assim pode existir a concessão de benefício caso a renda per capita seja de até R$ 154,00.