O Auxílio Brasil de R$ 400 só começará em Dezembro. Em Novembro o benefício
ainda não deve chegar as famílias beneficiárias.

O Novo Programa Social do Governo Federal deve ter início de fato em Dezembro. Até lá ainda ocorrerá articulações para garantir o orçamento do programa.

Auxílio Brasil de R$ 400 só em Dezembro

Apenas no mês de Dezembro deve ter início o Auxílio Brasil de R$ 400. No mês de Novembro que inicia na próxima semana os beneficiários do Bolsa Família irão receber um pouco acima da média de R$ 190. Entretanto, esse valor em média será de R$ 230.

Quer saber como ter direito ao Auxílio Brasil?

Conheça quais os primeiros passos a seguir!

Reajuste inicial de 20% no Bolsa Família

Inicialmente o Auxílio Brasil deve chegar com o um reajuste de apenas 20% para os beneficiários do Bolsa Família.

Esse reajuste inicial deve elevar o valor médio recebido pelas famílias, que passa de R$ 190 para R$ 230. Por enquanto o valor de R$ 400 deve ficar para Dezembro.

Auxílio Brasil de R$ 400

PEC dos Precatórios

O Governo Federal ainda depende dos parlamentares analisarem a PEC dos Precatórios. A PEC inclui medidas que mudam a metodologia do reajuste do teto de gastos. O teto de gastos é atualmente a regra que limita o crescimento da dívida pública.

O orçamento do Auxílio Brasil depende dessa decisão para que o teto de gastos não seja afetado. Recentemente, Paulo Guedes (Ministro da Economia) comentou em uma entrevista que poderia furar o teto de gastos e a economia reagiu mal com o anúncio. O dólar chegou a subir e a Bolsa de Valores teve forte queda.

Última parcela do Auxílio Emergencial

Desde o dia 18 de Outubro a 7ª Parcela do Auxílio Emergencial vem sendo paga para os beneficiários do Bolsa Família. E desde o último dia 20 de Outubro para o público em geral.

A 7ª Parcela do Auxílio Emergencial é a última do benefício que teve início ainda em 2020 durante a crise de saúde mundial.

Agora os beneficiários com perfil devem fazer parte do novo programa que substituirá o Bolsa Família, o Auxílio Brasil.

Leia Mais

Deixe um comentário

Comentários