Reajuste do Bolsa Família ainda não foi definido

O Governo de Michel Temer anunciou nesse ano um possível reajuste do Bolsa Família. Porém segundo o Ministro do Planejamento, Esteves Colnago, encontra-se ainda indefinido o valor e quando será reajustado. O reajuste já tinha sido cogitado anteriormente e até agora não foi colocado em prática devido problemas de caráter econômico.

Reajuste do Bolsa Família

Em 2017 não houve reajuste do Bolsa Família. O presidente queria conceder um aumento de 4,6% buscando diminuir sua impopularidade, mas foi barrado pela área econômica.  Durante a crise econômica o governo achou que não havia espaço para tal reajuste. Na época o impacto do reajuste era de cerca de R$ 800 milhões.

Desde que o governo começou a conceder reajustes do Bolsa Família, os beneficiários aguardam todo ano um possível aumento. O reajuste do benefício hoje em dia é uma necessidade vista as mudanças inflacionárias e o aumento no Índice de Preços ao Consumidor (IPCA). Esse índice afeta diretamente as famílias de baixa renda que utilizam o benefício para o enfrentamento à fome.

Quando será o reajuste?

A previsão do ministro antecessor Osmar Terra (antigo Ministro do Desenvolvimento Social) era que o reajuste fosse anunciado em Março. Entretanto, o governo está buscando anunciar o reajuste do Bolsa Família ainda em Abril ou até Maio, porém ainda existem indefinições que estão sendo avaliadas.

Qual será o valor do reajuste?

O valor do reajuste do Bolsa Família também está sendo definido internamente. O percentual está sendo discutido, mas a previsão é que seja maior que o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Quando foi o último reajuste?

O último reajuste aconteceu no já governo de Michel Temer, quando o Presidente na época interino reajustou o valor do benefício em 12,5%. Atualmente o programa beneficia 13,8 milhões de famílias com renda per capita de até R$ 170,00 mensais.


Deixe um comentário