Começa pagamento do Bolsa Família de Julho

Na quinta-feira dia 18 de Julho teve o início do pagamento do Bolsa Família de Julho. No mês de Julho o Ministério da Cidadania (MC) irá repassar R$ 2,6 bilhões para cerca de 13 milhões de famílias beneficiárias do programa. O valor médio do repasse as famílias neste mês é de R$ 188,51.

Pagamento do Bolsa Família de Julho começa dia 18 e termina dia 31

No mês de Julho o pagamento começa no dia 18 (quinta-feira) e vai até o dia 31 (quarta-feira), conforme o calendário de pagamento. Os benefícios são pagos mensalmente seguindo o padrão do número final do NIS.

3 milhões de famílias receberão mensagens nos extratos de pagamento

No pagamento do Bolsa Família de Julho, cerca de 3 milhões de famílias devem receber no extrato informações. Ao receber essas informações no extrato o governo federal também irá indicar para que a família compareça na gestão municipal do Bolsa Família ou ligue para os canais oficiais de atendimento.

As mensagens no extrato poderão ser uma das mensagens abaixo:

  • Ação de não localizados (crianças e/ou adolescentes não localizados no acompanhamento da condicionalidade de educação): orientando que as famílias compareçam ao setor responsável para atualizar os dados sobre a escola das crianças e adolescentes;
  • Repercussão (crianças e adolescentes com repercussão por descumprimento de condicionalidades na área de educação): informando às famílias sobre o efeito recebido e a importância de que as crianças e/ou adolescentes frequentem a escola;
  • Revisão Cadastral 2019: convocando as famílias para atualizar suas informações;
  • Averiguação Cadastral 2019 (Grupo 5): convocando as famílias para atualizar suas informações e evitar o cancelamento dos benefícios; e
  • Suspensão por recebimento do Seguro Defeso: informando da aplicação da suspensão às famílias que receberam o Seguro Defeso e que ainda precisavam de uma segunda suspensão para manter a conformidade com a legislação.

Todas as gestões do Bolsa Família recebem informações para orientar o beneficiário. Na maioria dos casos é necessário atualizar as informações do Cadastro Único para posteriormente ter o benefício regularizado.

Veja a Lista de Beneficiários do Bolsa Família

Benefícios suspensos por baixa frequência de crianças e/ou adolescentes

Nos meses de Julho e Agosto de 2019 algumas famílias devem ter seu benefício suspenso por descumprimento de condicionalidades. Famílias com crianças e/ou adolescentes faltando regularmente terão o benefício suspenso devido a baixa frequência. A frequência escolar é uma das exigências do programa.

Conforme as condicionalidades: Os responsáveis devem matricular as crianças e os adolescentes de 6 a 17 anos na escola;
A frequência escolar deve ser de, pelo menos, 85% das aulas para crianças e adolescentes de 6 a 15 anos e de 75% para jovens de 16 e 17 anos, todo mês.

Deixe um comentário