Com o objetivo de bancar Renda Brasil, o Governo Federal quer limitar famílias com mais de um benefício social. O Programa Renda Brasil deverá substituir o Programa Bolsa Família e até agora existem poucas informações sobre como será o funcionamento, mas algumas coisa já sabemos! Uma delas é que o governo deve limitar o número de benefícios sociais que uma única família pode receber.

Limitar a acumulação de benefícios para Bancar Renda Brasil

Existem algumas mudanças que aconteceram a partir da aprovação e da emplementação do Renda Brasil. Critérios, características e até mesmo a estrutura do que conhecemos hoje como Bolsa Família pode ter mudanças drásticas.

Uma delas será a limitação de benefícios sociais. As famílias não poderão mais acumular benefícios como salário-família e abono salarial.  O intuito é que o Renda Brasil seja criterioso e rígido, no sentido de que cada família só poderá usufruir de um benefício.

Parte dos recursos do Abono Salarial e do Salário-família devem ser usados para bancar o Renda Brasil

Uma das ideias do Governo Federal é que o Abono Salarial e o Salário-família, os quais são pagos simultaneamente a cerca de 15,4 milhões de famílias sejam usados para bancar o novo programa.
Para o governo, essas famílias que recebem o Abono Salarial não fazem parte da linha de pobreza. Logo, tal recurso seria direcionado a bancar o novo Programa Renda Brasil.

Governo não irá propor ampliação de gastos na área social

Mesmo com a pandemia e as dificuldades financeiras que milhões de brasileiros passam e podem ainda passar mmesmo após o fim da crise mundial de saúde, o governo não quer aumentar os gastos na área social. Atualmente o principal objetivo é reduzir os gastos orçamentários e tentar encaixar a nova proposta do Renda Brasil.

5,8 milhões de domicílios podem perder o salário-família

Segundo o IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), quase 6 milhões de domícilios brasileiros recebem o salário-família.

Isso acontecer porque muitas vezes existe no domicílio um membro no mercado de trabalho formal. Com o fim do acúmulo de benefícios, a maior parte dessas casas podem perder o salário-família, caso um membro da família receba o Renda Brasil.

Projeto irá para o Congresso Nacional

O Projeto do Programa Renda Brasil ainda está sendo finalizado para ser encaminhado para o Congresso Nacional. Só após apreciação e votação dos congressistas, o Governo Federal terá uma noção de como ficará o projeto final. A tentativa do governo é que o Programa Renda Brasil inicie logo após o fim do Auxílio Emergencial.

Leia Mais

Deixe um comentário

Comentários